quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Pintura

Antes de iniciar a pintura devemos analisar as paredes a procura de imperfeições como lugares onde o reboco esteja esfarinhando, por trincas, mofo e demais imperfeições. Para resolver o problema da parede esfarinhando devemos primeiramente procurar por uma infiltração, pois esse deve ser o causador do afofamento, (Ver post sobre infiltração) depois de eliminado o foco da infiltração devemos refazer o reboco adicionando a massa algum impermeabilizante como Sikatop. 

Parede sendo preparada para receber massa.
Parede sendo preparada para receber massa.




>> Trincas e rachaduras

No caso de trincas e rachaduras podemos utilizar uma tela e depois passar massa acrílica por cima para tampar as rachaduras e pequenas fissuras; em rachaduras maiores podemos utilizar vergalhões de ferro em forma de Z para segurar a rachadura depois passar uma massa de cimento forte.

Trincas e descascados nas paredes
Trincas e descascados nas paredes


>> Tipos de massa
 
Depois devemos passar uma camada de massa para corrigir as imperfeições, os tipos mais comuns de massa são:
• Acrílica tem maior resistência à água, porem é mais difícil de ser trabalhada, pois quando ela seca ela fica muito difícil de ser trabalhada, a massa acrílica é mais indicada para ambientes externos.
• PVA é indicada para ambientes internos seu lixamento é mais fácil porem sua fragilidade é maior, fácil de acontecer afofamento.
Massa PVA e Acrílica
Massa PVA e Acrílica

Depois passar mais uma camada para dar o acabamento fino, recomendo utilizar uma lâmpada com um papelão na ponta fazendo tipo um holofote para procurar as imperfeições na parede, ajuda bastante depois que estiver tudo ok e lixado é hora da tinta.



>> Escolha da tinta

Para escolher a tinta devemos levar em consideração o tipo de ambiente se é um quarto ou sala, se o ambiente é bem iluminado ou não, devemos procurar tons de tinta que fiquem em harmonia com o ambiente e a iluminação. Não devemos escolher cores escuras nem muito quentes para ambientes internos, pois os ambientes ficam carregados e cansativos, prefira cores claras. Uma dica é comprar amostras das cores e fazer os testes nos ambientes para ver qual cor melhor se adapta.
Se for utilizar uma tinta lisa opte por uma marca de qualidade pois seu poder de cobertura é maior economizando no resultado final, sem contar o que o acabamento fica bem melhor. ( Coral, Suvinil, Anjo)

Área depois de receber grafiato Novo Camurça da Leinertex
Área depois de receber grafiato Novo Camurça da Leinertex

Clique aqui para imprimir o artigo
Reações:

4 comentários:

  1. Muito bom trabalho.
    Sempre "pinta" muita dúvida a respeito dos materiais a usar, mas, seguindo essas dicas temos um bom começo.
    A dica da lâmpada é ótima, se tem buraco, ele sempre aparece.

    Deu até vontade terminar a pintura da minha casa.

    ResponderExcluir
  2. A pintura é sem dúvida uma das minhas maiores preucupações,,.
    . Gostei muito desse artigo.

    ResponderExcluir
  3. um trabalho de muita qualidade obrigado pelas orientações,pricipalmente a que diferencia as diferentes qualidades de tintas.

    ResponderExcluir
  4. Valeu, cara. Muito bom, muito obrigado pelas dicas. Grande abraço.

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo seu comentário e pela sua visita!

Grande Abraço

Pin It button on image hover