quinta-feira, 18 de abril de 2013

Como escolher um DR ?

1º- Escolha o modelo de Dispositivo DR.

  Defina se o dispositivo DR será um modelo Dispositivo DR (Interruptor DR), Disjuntor DR ou Módulo DR. Entre outros fatores, esta escolha vai depender do espaço disponível dentro do quadro de distribuição e da corrente máxima de interrupção do circuito principal deste quadro.

Interruptor Dr = Serve para desarmar em caso de corrente de fuga não oferece proteção contra sobrecarga e curto circuito

Disjuntor Dr =  Indicado para casos que existe limitação de espaço ele protege contra sobrecarga, curto circuito e fuga de corrente ( Choque elétrico) .

Módulo Dr =   É um dispositivo destinado a ser associado a um disjuntor termomagnético, adicionando a este a proteção diferencial residual, ou seja, esta associação permite a atuação do disjuntor quando ocorrer uma sobrecarga, curto circuito ou corrente de fuga à terra. É recomendado para instalações onde a corrente de curto circuito for elevada.


2º- Escolha o número de pólos do Dispositivo DR.

  Defina o circuito (ou conjunto deles) que será protegido pelo Dispositivo DR e com isso verifique quantos pólos serão necessários proteger, ou seja, quantas Fases + Neutro serão protegidos.
  Esta definição deve considerar os circuitos onde a proteção com Dispositivo DR é obrigatória conforme as exigências da norma de instalações elétricas em baixa tensão(NBR5410/04). Conforme a quantidade de pólos que o circuito escolhido (ou conjunto deles) conter, teremos definido o número de pólos do Dispositivo DR:

- BIPOLAR: FN ou FF (exemplo: um circuito de chuveiro)


- TETRAPOLAR: FFN, FFF, FFFN (exemplo: entrada de um QD)


   Um dispositivo DR TETRAPOLAR pode ser instalado somente com 3 condutores (FFN ou FFF) deixando um de seus pólos livre. 
  Um quadro de energia pode conter vários Dispositivos DR protegendo diferentes circuitos (ou conjuntos dele) usando a mesma barra de terra (PE). Porém, fique atento pois podem existir mais de um Neutro no quadro de distribuição que, caso sejam misturados, irão provocar o desligamento indesejado dos Dispositivos DR.

3º- Escolha a corrente nominal do Dispositivo DR (In).

A corrente nominal do Dispositivo DR (In = 25A, 40A, 63A, 80 A, 100 A e 125 A) deve sempre ser IGUAL ou ainda MAIOR que a corrente nominal do dispositivo de proteção de sobrecorrentes (disjuntor ou fusível) imediatamente a montante dele (antes do Dispositivo DR). Isso é importante para que o Dispositivo DR seja protegido contra curtos-circuitos, visto que o Dispositivo DR não faz a proteção contra sobrecorrentes de qualquer tipo.



4º- Escolha a corrente nominal residual do Dispositivo DR (IDn).

  A corrente nominal residual do Dispositivo DR (IDn = 10mA, 30mA, 100mA, 300mA, 500mA e 1000mA) deve ser definida a partir da função que o Dispositivo DR irá cumprir na instalação:

- IDn maior que 30mA – Proteção somente da instalação elétrica (contra incêndios e outros possíveis danos causados por correntes de fuga à terra) 

- IDn igual ou menor que 30mA – Proteção de vida e da instalação elétrica (mais apropriado para instalações elétricas domésticas e similares) ( Em correntes menores que 30mA o sistema Dr desarma sem que você tenha uma sensação maior do choque e não fique grudado, então fique bem atento na hora de comprar seu DR ou procure um técnico especializado, não adianta nada você colocar um DR maior que 30mA porque você vai tomar o choque e ele só vai desativar quando atingir a a amperagem de desarme do dispositivo e você vai tomar um choque mais forte, correndo riscos, isso falando para uso residencial... para proteger instalações de incêndio e outras problemas podemos usar um Dr com maior capacidade de desarme.)

  É importante considerar as orientações da norma de instalações elétricas em baixa tensão – NBR5410/2004 – bem como outras normas e regulamentos exigidos no país para a proteção elétrica contra correntes de fuga.

5º- Escolha o tipo de Dispositivo DR.

  Defina se o Dispositivo DR será do tipo AC, A e B identificando se no circuito protegido pelo dispositivo existe algum equipamento que pode gerar corrente contínua na linha mesmo em condições de falhas ou temporárias.

  Muito importante sempre procure um profissional capacitado para instalar esses dispositivos, senão você pode se surpreender acontece demais de você encontrar dispositivos que não vão proteger a sua vida porque foram instalados incorretamente.

Video sobre o funcionamento do DR

Clique aqui para imprimir o artigo
Reações:

26 comentários:

  1. num dr tetrapolar siemens ou weg ,são tres fases 220V ou seja L1 L2 L3 sem o neutro ,qual seria o esquema de ligação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Dr da Weg também é tetrapolar tem os terminais L1 L2 L3 e N o Unipolar L1 e N

      Excluir
  2. Amigo você tem que ligar o Neutro no Dr para ele funcionar, L1 L2 L3 recebem as três fases e o N recebe o neutro

    ResponderExcluir
  3. ao instalar o dr e preciso conectar o fio terra no interruptor????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Dr vai no quadro de distribuição não usa terra no Dr. o terra você usa no DPS interruptor entra fase e sai retorno.

      Excluir
  4. O tretra polar pode ser liga dois polos positivo e um negativo sendo ambos polos 127V?

    ResponderExcluir
  5. amigo o dr weg com duas entradas posso ligar as dua fases nele, e deixar o neutro passar direto? pois não tenho espaço em meu qdc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não amigo ! o Neutro tem que ser ligado conforme o esquema do Dr neutro no N e fase no 1 conforme desenho do modelo em questão.

      Excluir
  6. Olá Arthur, aproveitando a oportunidade...
    Também quero instalar no meu Quadro de Distrib. o DPS. Como falei, tenho duas fases e um neutro. Já comprei dois DPS, evidentemente um para cada fase. Mas e o neutro? Também preciso de um DPS para ele? Esta pergunta é boa! Já fiz para uma meia dúzia de eletricistas e ninguém sabe com certeza. Grato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim tbm é necessário um DPS para o neutro tbm.

      Excluir
    2. o DPS limita tensão para proteção de equipamentos, como se dabe a tensão no neutro é zero, desta maneira nao se faz necezsaria a utilização do mesmo

      Excluir
  7. boa noite,
    possuo uma duvida:
    instalei um portao eletrico, onde na instalacao somente me foi dito que era necessario instalar um disjuntor de 10A no fio que vai pro motor do portao.
    acontece que, esses dias (tempo estava de sol sem chuva, raio, etc) a energia acabou, e logo em seguida voltou. e a partir dai o motor parou de funcionar. quando acionava o controle, ele ameacava abrir o portao e parava.
    a empresa que instalou veio aqui verificar e disseram que a central do motor travou por motivos externos (surto de energia, sobrecarga, etc). e que o disjuntor que deveria ser instalado era do modelo 'branco'(provavelmente o modelo DR) e nao esses pretos convencionais.
    minha duvida é: qual disjuntor devo instalar afinal, para que tenha a maxima protecao contra sobrecargas, raios, etc? o disjuntor normal? o disjuntor DR? ou ambos? no caso de deixar ambos, em qual ordem devo instalar?
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos por partes, o disjuntor pretinho chamamos ele de padrão Nema o branco de Padrão Din os disjuntores din são mais eficientes contra sobrecargas e curto circuitos.
      Já o DR protege as pessoas e os animais contra os efeitos do choque elétrico por contato direto ou indireto causado por fuga de corrente.
      Também é muito importante ter um bom aterramento para que tudo funcione perfeitamente.

      Excluir
  8. Boa noite,mesmo meu prédio não tendo fio terra, posso colocar o dr?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é só seguir as instruções do manual do fabricante, o terra é conectado no DPS que é o dispositivo de proteção contra surto.

      Excluir
  9. Pode ser utilizado em linha monofasica?

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. Opa existe sim, o Dr bipolar é para redes monofásicas já que em um polo vai o neutro e o outro a fase.

      Excluir
  11. Coloquei um DR numa instalação nova (QD superior da minha casa), como disjuntor principal do quadro porem sem nenhum em serie com ele contra sobrecarga. Ele está desarmando direto e a principio nao tem curto ou contato entre fios inapropriado. O que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter algum equipamento que não seja compatível com Dr...

      Excluir
  12. Boa noite Arthur, tenho a mesma dúvida de um companheiro acima e não foi respondida. Posso ligar o Neutro em um DPS? É o mesmo modelo que o do fase ou tem um específico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim é o mesmo, basta ligar o DPS no neutro e no aterramento.

      Excluir
  13. Qual a amperagem a ser usada no quadro geral do DR?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A amperagem depende do cálculo que deve ser feito dimensionando o consumo das instalações...

      Excluir

Muito obrigado pelo seu comentário e pela sua visita!

Grande Abraço

Pin It button on image hover